causa mortis das flores

o florista
que mesmo sem saber
colhia flores na beira da estrada
enquanto corriam carros apressados
na avenida esvoaçada
despejando fumaça e poeira.

ele colhia o pólen e as flores
com seu amor e sabores
na correria da cidade
colhia com a alma
flores para a namorada.

foi observado pela janela
colhendo pétalas e sorrisos,
colheu também a dor das flores
ao serem arrancadas
que mesmo com a brutal morte
no meio da calçada,
ele saberia que com elas
curaria
acima de todos os pesares
com aquelas flores coloridas
o coração da sua amada.

Anúncios

O que achou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s